quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Um incômodo refúgio ("Vista para o mar")


Em 1948, próximo a Dublin e ao lado do mar, foi criado um acampamento de férias chamado Mosney. Hoje, esse é um local administrado pelo governo irlandês para acolher gente do mundo todo em busca de asilo. Às vezes durante anos, essas pessoas ficam sem notícias de seus familiares ou da conclusão dos processos pelos quais solicitam exílio. Apesar de toda uma infra-estrutura de entretenimento e bem-estar, os refugiados vivem uma realidade incerta e sufocante. 

"Vista para o mar", dirigido por Nicky Gogan e Paul Rowley, está na mostra Limites e Fronteiras e mostra o dia-a-dia de Mosney. O filme foi exibido nos últimos festivais de Berlim e São Paulo. Os diretores, que trabalharam dando aulas de arte para as crianças de lá, vão estar na exibição do documentário amanhã (dia 03), às 20:15, no Espaço de Cinema.

Além de abordar a convivência entre culturas tão diferentes umas das outras, as lembranças traumáticas e a esperança de um futuro seguro, o filme fala sobre o incômodo de ser um outsider e estar longe da terra natal.

Nenhum comentário: